Next stop? Riviera Maya

3 - IMG_0906

Um paraíso que combina praias de areias brancas, o Mar do Caribe que parece uma piscina, em vários tons de turquesa, grutas, lagoas e vestígios da civilização maia. Para completar, muitos ceviches e a simpatia do mexicano, sempre com um sorriso no rosto. Adorei descobrir um pouco da Riviera Maya, um pedaço de costa que fica a cerca de meia hora de Cancún e abrange 120 km no Estado de Quintana Roo, no México. Tanto atrativo natural resultou, claro, em bastante atividade turística: são mais de 400 hotéis e resorts ao longo desse litoral e alguns refúgios bem especiais.
Quando ir? No Réveillon, é hotspot. Ou então, fevereiro a maio, época mais seca.

Onde dormir
1 - IMG_0587
Banyan Tree Mayakoba
: um oásis tropical com ares orientais. Parte do prestigiado grupo asiático Banyan Tree Hotels & Resorts, famoso por seus spas, o resort reúne villas imersas no mangue, com piscina individual e charmosas bicicletas com cestinha à disposição. Na chegada, as boas-vindas são com um copinho de suco verde refrescante elaborado com chaya (verdura local) e uma pulseira feita com flor natural e sementes. O transporte pela propriedade é em carrinho elétrico ou a sua bike. Vale ir à praia, de areia branquinha e mar sereno, e fazer o passeio de barco pelos canais e mangues do hotel (foto abaixo). Vi tartarugas e muitas espécies de aves.
5 - IMG_0741O Banyan abriga o campo de golfe El Camaleon, projetado por Greg Norman, e está no complexo Mayakoba, repleto de ruazinhas envoltas pelo verde nativo que levam a mais dois hotéis exclusivos – Fairmont e Rosewood. Entre os restaurantes, experimente o Saffron, de cozinha thai contemporânea. No hotel, à noite no quarto (foto abaixo), uma flor sobre a cama e luz de velas. No check-out, um regalo para lembrá-lo de retornar – uma pequena tartaruga de madeira dentro de uma cestinha – artesanato local.
2 - IMG_0591

Hotel Esencia: talk of the town, entre a agitada Playa del Carmen e Tulum, o hotel é pequeno e exclusivo e se destaca entre os resorts gigantes no cenário. Despojado e roots, foi instalado na casa original de uma duquesa italiana, convertida em hotel em 2005 e recentemente adquirido pelo empresário americano Kevin Wendle, ávido colecionador de arte que reformulou toda a propriedade.
2 - IMG_1105A chegada é em uma tradicional casa maya e lá um carrinho elétrico leva até a maison. São 29 quartos e suítes – muitas com piscina particular – , decoradas com peças e móveis dos anos 50, arte de grandes nomes como Fernando Botero e Picasso e artesanato mexicano (na foto abaixo, uma das suítes na casa principal). A playlist que toca pelos espaços comuns é do supercool DJ Michel Gaubert, baseado em Paris.
4 - IMG_1093No restaurante, deliciosos os ceviches preparados pelo chef Juan Carlos Gutierrez Chavira, ex-blogueiro de comida, mestre-cuca particular e ex-designer gráfico para a Chanel. No staff, Wendle convocou profissionais como ele, com background em moda. Na praia, com sorte, se pode ver a desova de tartarugas. Todas as manhãs, há aulas de ioga. Para famílias, o Esencia tem, ainda, duas casas lindas com serviço do hotel. Imperdível um tratamento no spa, montado em outra casa típica, com telhado de sapê e produtos puríssimos da região. A terapia começa com uma limpeza com incenso de alecrim, arruda e manjericão.

Passeios 
Se escolher um dos dois hotéis, será quase impossível sair de lá.
Com crianças, programa popular é ir a um dos parques naturais. XCaret, um dos mais importantes e turísticos, para nadar com golfinhos e arraias, entre outras muitas atividades. Menor, Kuntun Chi tem cenotes (grutas) incríveis.
Para compras, Playa del Carmen é o lugar que concentra o maior comércio da Riviera Maya. Prepare-se para entrar no clima bem turistão na Quinta Avenida (foto abaixo), isso mesmo, homenagem à nova-iorquina. Restrita a pedestres, há um mix de lojas: de artesanato a surf wear e marcas como Forever 21, Nike, H&M, Mac, etc., além de diversos restaurantes.
5 - IMG_1155

Imperdível, porém, será visitar Tulum, um dos três sítios arqueológicos da região – e o mais famoso, Antiga cidade maia amuralhada (datada por volta do ano 1000 d.C), fica ao longo da costa, de tirar o fôlego.
1 - IMG_0818Um destino à parte na Riviera Maya, misto de Trancoso com Espelho (pela atmosfera e o tipo de visitante), Tulum tem uma zona hoteleira ao longo da praia, rústica e charmosa – para se desplugar mesmo! Sem sinal de celular… Entre as dicas para se hospedar lá, estão o hotel boutique Jashita, o Papaya Playa Project (da Design Hotels), com seu badalado beach club, e BeTulum, um dos mais exclusivos. Dos restaurantes, Posada Margherita e Hechizo são só alguns deles. Mergulhos em cenotes não podem faltar na programação e visita à Reserva da Biosfera de Sian Ka’an. Deu vontade de ficar…

Antonella Salem viajou a convite da ILTM Americas

Anúncios

Direto de Nova York

Kappo dining

O melhor de Nova York? Lorena Ringoot, concierge brasileira premiadíssima do The Surrey, falas das últimas dicas e happenings na cidade. “O mês de setembro é o começo da alta estação. É quando tudo começa acontecer em Nova York, momento de renovação e muitas novidades para conferir”, conta Lorena. Na foto acima, novo restaurante Kappo Masa, na Gagosian Gallery.

Teatro
6.212888Vale assistir a The King and I  (O Rei e Eu; foto ao lado), produção linda com cenários deslumbrantes. Perfeito para toda a família. No Vivian Beaumont Theatre, no Lincoln Center. E Spring Awakening, com um cast muito especial, a metade todos atores é surda. Linda a produção do Deaf West Theater, com a coreografia com american sign language. Anote: Hamilton é o show do momento, todo mundo quer ir!

Lojas
A reinauguração da livraria Rizzoli me fez muito feliz… Adoro livros. O novo endereço: 1133 Broadway entre 25th e 26th Sts.
Rizzoli-Exterior-2-524x402
Byredo
: acabou de inaugurar. A loja traz fragrâncias modernas e de alta qualidade. Os nomes são memoráveis. Bal D’Afrique, Baudelaire, Blanche, Gypsy Water, Rose Noir e muitos outros. A marca foi criada em Estocolmo e a linha também pode ser encontrada na Barney’s. A nova loja fica 62 Wooster, No SoHo.
Annick Goutal: para as amantes do Eau D’ Hadrien. Abriu uma nova loja na Madison Avenue com a 75th St. E minha grande amiga Françoise é a gerente. Vale mencionar meu nome.
Gianvito Rossi: nova loja com uma coleção de sapatos elegantes, sexys e bem acabados. Renda, suede, classe e conforto. Na Madison, entre a 76th e 77th Sts.

Restaurantes
FullSizeRenderCelebrei meu aniversário no Juni e simplesmente continuo nas nuvens. Um lugar muito especial, uma viagem de sabores. O chef Shaun Hergatt é um artista.
Juni IMG_2835

Novos restaurantes
Kappo Masa na Gagosian Gallery: excelente sushi e especialidades japonesas. Ideal para almoçar na Madison depois das compras ou para jantar em um oásis. Omakase Menu no bar ou à la carte nas mesas.
Sadelle’s: dos donos do Carbone, Santina e Dirty French. O lugar ideal para um brunch com bagel, salmão e tudo que você espera encontrar.
La Pecora Bianca: italiano ao lado da livraria Rizzoli. Decoração, comidinha e bom pedigree. Pasta feita na casa, ambiente descontraído e acolhedor. 1133 Broadway, na esquina da 26th St.
Bruno: nova pizzaria no East Village está prometendo muito sucesso. Com muita inovação e criatividade. Pizzas com couve flor, Caciocavallo Cheese, vegetables… 204 E 13 St.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ com dicas imperdíveis de Nova York

Direto de Nova York

IMG_1458

Lorena Ringoot, chef concierge do elegante hotel Upper East Sider The Surrey, nos manda novas dicas direto da gelada Big Apple. “O frio chegou de vez este ano a Nova York. A cidade está toda branquinha e a garotada superfeliz”, conta. Na foto acima, crianças no Central Park.

Show e veggie
A melhores comidinhas são as que esquentam bem. Por isso, estive no Ippudo West Side – Ramen Noodle Bar depois de assistir ao novo show Off-Broadway Nevermore: The Imaginary Life and Mysterious Death of Edgar Allan Poe (dark mesmo, mas muito bem feito com cenários e figurinos impecáveis).
Aproveitei para aprender mais sobre os ramens (noodle japonês). O Ippudo West Side está situado na 51st Street entre 8 e 9 Avenidas, pertinho da Broadway. O ramen mais badalado, porém, é o Ivan Ramen, que mistura Ocidente e Oriente, na 25 Clinton Street, entre a Stanton e a Houston, no Lower East Side.
Restaurantes
A inauguração mais recente foi o Zuma New York. Se você ama o Nobu 57 acaba de ganhar uma nova opção. Zuma tem restaurantes em Londres, Hong Kong, Miami e outras cidades. Há lounge com DJ, Robata Grill, Sushi Bar e Sake Bar em dois ambientes. Adorei a opção no menu de drinques: cleansers (como o Green Yoga, que leva kiwi, menta, gengibre e maçã, para limpar, literalmente, o organismo). O Zuma fica na Madison, entre 38th e 39h Streets, perto da Grand Central Station. O espaço é charmoso e divertido.
SantinaO trendy do momento chama-se Santina (foto acima), do dono do Carbone e do Dirty French. Acabou de inaugurar, com menu italiano de frutos do mar, projeto por Renzo Piano e celebridades na área todos os dias. O restaurante fica embaixo do High Line Park, na 820 Washington Street com a Gansevoort.
Loja
E foi ali pertinho que eu visitei a loja de perfumes By Kilian www.bykilian.com. Os perfumes são únicos e os nomes ainda mais especiais. O meu favorito: Good Girl, Gone Bed. E o Light My Fire ficou na memória. 

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

Direto de Nova York

Central Park Nov

Novembro: Thanksgiving! Lorena Ringoot, chef concierge do hotel The Surrey fala sobre o mês na Big Apple. “É tempo de agradecer e compartilhar. De ver a árvore iluminar, a parada passar, de tomar chocolate quente e comprar presentinhos de Natal. E tempo de parar para agradecer os amigos, a família e a saúde. Ainda dá tempo de dizer I love you!” Na foto, o Central Park.

Arte & Cultura
Takashi Murakami, Tan Tan Bo- In Communication
Gagosian Gallery Chelsea: em exposição, Takashi Murakami –“In The Land Of The Dead, Stepping on The Tail of a Rainbow” (foto acima), até 17/1.
Na Broadway, A Delicate Balance, com Glenn Close; The Elephant Man, com Bradley Cooper; e Disgraced, de Ayad Akhtar. Surpreendente, tantas peças boas ao mesmo tempo. Esperando Tristan & Yseult no Brooklyn, na St. Ann’s Warehouse.
Nos museus… Helena Rubinstein: Beauty is Power no The Jewish Museum até 22/3. JewelsIndia_WEB_2No Metropolitan MuseumCubism: Braque, Leger, Gris and Braque, até 16/2; e Treasures from India- Jewels from the Al-Thani Collection. São 60 objetos preciosos (foto ao lado) da coleção do sheikh Hamad bin Abdullah Al- Thani.

Compras
Loja necessária: Sorel – vende botas para neve, pois a neve promete cair em abundância neste inverno. A loja nova fica na 345 W 14th Street entre a 8th/9th Avenidas. Vale a pena conferir a nova loja da Polo Ralph Lauren na Quinta Avenida, perfeita para um pit stop para tomar um café e comer um brownie no inverno. O Ralph’s Coffee fica na 711 Fifth Avenue com a 55th Street.

Restaurantes novos
Marta
: a thin crust pizza do momento… A nova casa de Danny Meyer, Shack Shack, Gramercy Tavern, Union Square Cafe. O restaurante (foto abaixo) fica na 29 East 29 Street entre Park e Madison Avenues.
marta_resto_MWHotel
Chef’s Club: no SoHo, recém-inaugurado. Uma proposta diferente da revista Food &Wine, um showcase de novos chefs e seus menus. Fica na 275 Mulberry Street com a Houston Street.
Fung Tu: novo chinese american com uma seleção de vinhos muito especial. A amiga Elisa é a hostess do Racines em Tribeca e do Fung Tu nos fins de semana. O restaurante fica quase em Chinatown no meio das novas galerias de arte, 22 Orchard Street entre a Hester e a Canal Streets. Quase em frente ao Fat Radish.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

 

 

 

Direto de Nova York

Dirty FrenchOutubro trazendo novidades para o final do ano… Lorena Ringoot, chef concierge no Upper East Sider hotel The Surrey, revela suas dicas top da Big Apple. Na foto acima, novo restaurante Dirty French.

Arte & Cultura
killer heels
Brooklyn Museum
Killer Heels – The Art of the High Heeled Shoes. São 160 pares de sapatos (um deles na foto acima) desde do século 16 até os dias de hoje. Até 15/2/2015.
MoMa
Henri Matisse – The Cut Outs, até 1o de dezembro. Compre seus ingressos na internet, pois o sucesso londrino está repercutindo em NYC.
Metropolitan Museum: Death Becomes Her – A Century of Mourning Attire, com a curadoria do Anna Wintour Costume Center. Para quem só se veste de preto todos os dias, imperdível. Até 1o/2/2015.
Na minha lista especial
Kontakthof de Pina Bausch no BAM – seus balés são sempre únicos. De 23/10 a 2/11.
Adorei Hedwig and the Angry Inch na Broadway. Iluminação excelente e performance fantástica, sem ser longo demais, com 1h35 de show.

Novas lojas
albertineAlbertine: linda livraria francesa (foto acima) inaugurada pelo serviço cultural francês na 972 Fifth Avenue, entre 78 e 79 Streets. Imperdível se você é fã de livros em francês.
Céline: nova loja, dessa vez no Soho, no 67 Wooster Street.

Restaurantes
Depois de um show na Broadway, a melhor opção é ir  no upstairs bar do Lambs Club, no 130 West 44th (com 6thAvenida). Sossego no meio da confusão da Times Square, comidinhas, lista de vinhos e um grupo de jazz.
Racines NY: filial do restaurante francês em Downtown, na 94 Chambers Street, tel. +1 212 227-3400. Um pouquinho da Paris moderna em Nova York (foto abaixo).
Racines_lead_image_interior_636_400_85_s_c1
Kappo Masa: sushi chef do Masa e Bar Masa no Time Warner Center inaugurou na Gagosian Gallery, na 976 Madison com 76th Street, + 1 212 906-7141.
Dirty French: dos mesmo donos do Carbone, o badalado italiano. Agora em versão francesa. Reserve com 30 dias de antecedência! Na 180 Ludlow Street, Lower East Side, +1 212 254-3000.
Boqueria: ótimo bar de tapas. Acabou de inaugurar uma nova filial na 76th com a 2a Avenida. Perfeito para brunch, almoço, jantar ou, simplesmente, um pit stop.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York

The best of Chicago

Millenium Park2

Onde comer e beber, passeios imperdíveis e hotéis top. WHIZ seleciona o melhor da cidade norte-americana. Na foto acima, Cloud Gate, por Anish Kapoor, instalação que reflete o skyline.

PARA VER A CIDADE DE CIMA
O John Hancock Center inaugurou este ano a atração Tilt, uma plataforma em aço e vidro no 94º andar, que se inclina para fora do prédio e permite a visão da cidade para baixo, com adrenalina.
Willis TowerMenos radical, mas igualmente emocionante, o observatório da Willis Tower, considerada durante décadas o maior edifício do mundo, tem o Sky Deck (foto acima) e suas caixas de vidro (The Ledge) no andar 103º, de onde se vê toda a cidade, a beleza do Lago Michigan e os parques.

PASSEIOS
Imperdível

O Millennium Park é um must, local da estrutura escultural do Jay Pritzter Pavilion (assinada pelo célebre Frank Gehry) e a instalação Cloud Gate (o famoso feijão), do artista indiano, radicado na Inglaterra, Anish Kapoor, que reflete o skyline por vários ângulos.
Chicago Art InstituteDe lá, pela ponte, chega-se ao Art Institute of Chicago. Vá à ala moderna, projetada pelo premiado arquiteto italiano Renzo Piano (foto acima) e que abriga as coleções de arte dos séculos 20 e 21. O acervo inclui telas de Jackson Pollock, Willem de Kooning, Eva Hesse, Picasso e Matisse.
Bike
Se tiver tempo, vale a pena alugar uma bicicleta no Bobby’s Bike Hike (540 N. Lake Shore Drive) e contornar a margem do Lago Michigan. Vc pode pedalar até o zoológico do Lincoln Park ou, no sentido contrário, rumo ao Shedd Aquarium (aquário incrível com 32 mil criaturas aquáticas) e o Adler Planetarium.

COMPRAS
A Michigan Avenue, ou Magnificent Mile, como é chamada, reúne desde lojas de departamento, como Sak’s Fifth Avenue e Bloomingdale’s, à American Girl Place (das bonecas), Disney Store, Gap, Prada, Louis Vuitton, Apple, etc.

COMER E BEBER
Joe’s Seafood Chicago: 60 E Grand Avenue. Parceria com a família Weiss, do lendário Joe’s Stone Crab de Miami. Para comer steaks e king crabs (foto abaixo). Reservar.
Joes Chicago

Pump Room: 1301 North State Parkway. Moderno e badalado, do famoso chef Jean-Georges Vongericheten, no hotel Public Chicago. Reservar.
Eataly: 43 East Ohio Street. Filial do cobiçado mercado gourmet, presente em Nova York e ao redor do mundo. Dica para almoçar ou jantar em seus diversos restaurantes especializados – de massa a peixes efrutos do mar.
Howells & Hood: 235 North Michigan Avenue. Na Tribune Tower, homenageia os arquitetos que projetaram a construção neo-gótica, John Howells e Raymond Hood. É um grande pub. No menu, 114 variedades de cerveja e pratos clássicos americanos, incluindo burguers.
Tanta: 118 W Grand Avenue. Novo restaurante do premiado chef peruano Gaston Acurio, tem atmosfera badalada e serve delícias como ceviches e tiraditos (sashimi à moda peruana). Reservar.
Buddy Guy’s Legend: 700 South Wabash. Shows de blues. Para garantir uma mesa, reserve para jantar.
Andy’s Jazz Club: 11 E. Hubbard Street. Lugar histórico, datado de 1951. Para garantir uma mesa, reserve para jantar.

ONDE DORMIR
Clássicos e top, a poucos passos da Magnificent Mile, Peninsula Chicago e Four Seasons. SOHO House Hotel (foto abaixo), recém-inaugurado, faz parte do grupo com origem em Londres e segue a filosofia de ser um badalado e moderno ponto de encontro de hóspedes e associados.
Soho House Chicago

5 motivos para visitar Aspen no verão

Aspen Balao

Destino adorado por brasileiros no inverno, Aspen também é deliciosa (e badalada!) no verão. WHIZ destaca 5 motivos para conhecer a cidade na estação do calor.
1) Novidade quentinha no centro, o Aspen Art Museum (AAM) abre as portas no dia 9 de agosto de sua nova sede de mais de 3 mil metros quadrados, projetada pelo premiado arquiteto japonês Shigeru Ban. 2 - image006O novo AAM reúne seis espaços de exposições no arrojado edifício de quatro andares. O conceito da construção contemporânea foi baseado em transparências e nos planos com vistas abertas. Destaque para o jardim de esculturas no
deque do telhado, palco de eventos e exibições, com um belo visual para Aspen, além de um café e bar.
2) A Chanel abre uma loja pop-up entre 27 de junho e 6 de julho em Aspen – a primeira da marca nos EUA. Montada no restaurante Casa Tua, a boutique irá mostrar a Métiers d’Arts Paris-Dallas 2013/14 Collection, inspirada no Velho Oeste.  E a cidade ganha novas lojas nesta temporada. Entre elas, Zadig et Voltaire (218 S. Moinho St), Rag & Bone (433 E. Hyman Ave.) e Valentino Acessories (204 S. Galena).
3) No verão, Aspen estará repleta de festivais de música. Toda quinta, às 18h, concertos de rock, funk rock e outros gêneros em Fanny Hills, Snowmass; domingos, no topo de Aspen Mountain, ao meio-dia, performances musicais; e todo sábado, às 13h, também no topo de Aspen Mountain, apresentações de música clássica. O Jazz Aspen Snowmass June festival, de 19 a 28 de junho, tem ótima programação que inclui Diana Krall e Tony Bennett.
4) Na listinha dos muitos programas verdes, estão passeios de mountain bike, subida de gôndola ao alto da montanha, com piquenique e caminhadas guiadas na natureza (foto abaixo), cavalgadas, voos de balão e golfe no Snowmass Club Golf Course (18 buracos, par-72). Leia mais neste link.
Aspen trilha
5)  Os principais hotéis têm spas incríveis. No Hotel Jerome, um Auberge Resort, os tratamentos são feitos com produtinhos da Marie Veronique, 100% orgânicos. Para completar, no verão, há aulas de ioga (foto abaixoàs segundas, quartas e sextas de manhã em Aspen Mountain.
Aspen yoga

 

 

 

Direto de Nova York

Frieze Art Fair 2014

“A primavera está chegando devagarinho a Nova York, nos ensinando a apreciar o milagre das estações”, conta Lorena Ringoot, a premiada chef concierge do hotel The Surrey. Insider que é, Lorena nos dá todas as dicas para quem embarca já ou em breve. Confira!

Primavera: Sakura Matsuri – Cherry Blossom Festival no Jardim Botânico do Brooklyn, dias 26 e 27/4 celebrando a cultura japonesa. E não deixe de visitar o Brooklyn Museum que fica ao lado.

Novos restaurantes
Bâtard: o restaurante era o Montrachet, que virou Corton e agora será Bâtard. Na 239 West Broadway, perto da White Street, inaugura em maio. Nosso amigo John Winterman estará na porta para nos receber.
Morini Ristorante: na Madison, é a irmã elegante do Trattoria Morini, no SoHo. Pertinho do MET Museum.
Texas de Brazil: há uma explosão de churrascarias na cidade e esta é mais uma.
Estela: na 47 East Houston Street, perto da Mulberry. O lugar cool do momento para ir a dois.
Montmartre‎: bistrô francês, cheio de charme e graça no Chelsea. Perfeito para levar as amigas para um brunch.
Reaberturas  históricas
3oysterbar
Oyster Bar at The Grand Central (foto acima): clássico que acabou de reabrir.
The River Café: outro clássico. Sempre com vista maravilhosa da Brooklyn Bridge, ideal para levar seus pais para jantar ou a namorada para um brunch. E admirar o visual.
Tavern On The Green: em processo de reabertura, vai renascer no Central Park.
Gallagher’s Steakhouse: acabou de reabrir na Broadway.
Fechou… o Pastis, nosso favorite no Meatpacking.

Artes
Tribeca Film Festival: já começou!
Frieze Art Fair‎: minha feira de arte favorita vai acontecer na Randall’s Island Park, 9 a 12/5. Coloque já no seu caderninho. Essa é a data ideal para os amigos artistas visitarem Nova York.
Ballet Preljocaj: troupe francesa no Lincoln Center (foto abaixo) pelo The Joyce Theater Foundation, 23 a 27/4. Sempre avant-garde e inesquecível. Dessa vez apresentando Snow White, com roupas de Jean Paul Gaultier.
lincoln-center_photo-joe-buglewicz low
The Little Prince – A New York Story: no The Morgan Library & Museum até 27/4.“One sees clearly only with the heart. Anything essential is invisible to the eyes…”
Carla Bruni: sempre gracinha apresentando as canções do novo CD Little French Songs no The Town Hall dia 24/4 às 19h.

Comprinhas
Miansai
: acabou de abrir uma loja no 33 Crosby Street, perto da Broome. Onde você encontra as pulserinhas mais quentes para o verão.
Clare V: uma loja nova na 239 Elizabeth Street, entre a Houston e a Prince. Onde eu encontrei a bolsinha perfeita para a night out. Vale a pena dar uma olhada.
Bite Beauty Lab: faça o batom da cor que você quiser na 174 Prince Street.
Kikkerland: nova loja de presentinhos kitsch no coração do Village.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York  

 

 

Direto de Nova York

Com o frio, quais são os melhores programas em Nova York? Insider que é, a brasileira Lorena Ringoot, chef concierge do hotel The Surrey, nos dá todas as dicas em mais uma edição da coluna Direto do Nova York. E uma notícia quentinha: Lorena acaba de ser eleita a melhor chef concierge de Nova York em 2013 pela Associação de Concierges de Nova York, no prêmio Silver Plume Awards!

Eventos

Firecracker Ceremony and Cultural Festival: dia 31/1, das 11h às 15h30 no Roosevelt Park, entre Grand e Hester Streets, em Chinatown (foto abaixo), celebra o Ano Novo Chinês; Lunar New Year Parade and Festival: dia 2/2, também em Chinatown, às 13h, outro evento em torno do Ano Novo Chinês.
Chinatown Street Scenes
Para celebrar com comida chinesa, o restaurante Hakkasan, no Theater District, sempre é ótima pedida. Outro lugar cool para comemorar é o Red Farm, chinês moderno e criativo com dois restaurantes em Manhattan. No ano do cavalo, não deixe de visitar uma das minhas galerias de arte favoritas e ver as fotos lindas de cavalos selvagem: The Wild Horses of Sable Island, no Soho, na 64 Grand Street.
Valentine’s Day: 14/2, o Dia dos Namorados, é um dos mais concorridos para a melhor mesa em Nova York. Os mais românticos são o La Grenouille, francês, elegante, formal e inesquecível com a pessoa certa; The River Café, que fechou desde o furação Sandy, e estará reabrindo dia 1º/2; e IL Buco, italiano rústico, perfeito para um jantar a dois.
Mercedes Fashion Week: de 6 a 13/2, para estar na última moda.
Super Bowl XLVIII: dia 2/2 no Met Life Stadium, em Nova Jersey. O show do meio tempo é com Bruno Mars e Red Hot Chili Peppers. É aberto com a famosa cantora de ópera Renée Fleming.

Shopping
No inverno, a melhor opção são as lojas de departamento, pois você entra e procura o coat check. E depois encontra o café para tomar um chocolate quente, café ou sopinha. Bergdorf Goodman e Barney’s (foto abaixo) são perfeitas para o últimos modelitos. Para a família com a garotada, a Macy’s pode ser o lugar certo. Logo ali, pertinho do Empire State Building.
barneys nova york
Shows
Broadway
: continuo encantada com Beautiful – The Carole King Musical. As músicas que marcaram minha juventude. You’ve Got A Friend, Tapestry, It’s too late, You Make Me Feel Like a Natural Woman e muito mais…
Esperando para ir: The Bridges of Madison County.
Fácil de gostar: After Midnight, Motown, The Musical;
A Night with Janis Joplin.
Off-Broadway: The Commons of Pensacola, com Sarah Jessica Parker e Blythe Danner.

Mais comidinhas para esquentar
Ippudo, no Theater District, “noodle heaven” é um lugar para ir nos dias muito frios. Outra boa dica, Rotisserie Georgette – casa nova da Georgette, ex-PR do Daniel Boulud por muitos anos – uma brasserie pertinho da Barney’s. Artisanal serve fondue do chef Terrance Brennan.
Brunchs: The Lion, Le Philosophe Lafayette.
Novos restaurantes
Carbone 
(foto abaixo): novo cool spot na 7 Spring Street.
carbone-1005
Betony
: new american com pedigree, em Midtown, na 57 Street.
Hanjan: coreano bacana na 36 W 26 Street.
Fogo de Chão: para quem não pode ficar sem um rodízio brasileiro, acabou inaugurar na frente do MoMa.

Lorena Ringoot é chef concierge no hotel The Surrey e colabora com WHIZ todo mês com dicas imperdíveis de Nova York  

Toronto é 10

Bloor and ROM TorontoPequena Nova York no Canadá,Toronto reúne um mix de nacionalidades e tem influência inglesa notável, seja nos pubs espalhados por toda parte, nos menus que quase sempre incluem o clássico “fish and chips” ou nos belos exemplares da arquitetura vitoriana. Como a Big Apple, a metrópole também é repleta de arranha-céus e capricha na oferta cultural (são 72 museus e 70 teatros), na gastronômica e lojas. WHIZ elege os TOP 10 da cidade.

1) Bloor Street e Yorkville (foto acima) – A “Quinta Avenida” de Toronto, Bloor e suas travessas formam o elegante bairro de Yorkville, repleto de lojas de grifes internacionais, como Prada, Chanel, North Face, Gap e Sephora. Das marcas locais de roupas, Club Monaco e Roots são nomes para ficar de olho.
2) Royal Ontario Museum (ROM) – Durante o passeio pela Bloor, uma construção irá chamar a atenção: o anexo moderno de formas pontiagudas e irregulares Michael Lee-Chin Crystal do ROM. Entre e confira a coleção de arqueologia e história natural – são mais de 6 milhões de objetos.
3) St. Lawrence Market (foto abaixo) – Um showcase dos produtos locais, como queijos, mostardas e o famoso “ice wine”, vinho doce produzido com extratos de uvas congeladas. Prove lá o típico sanduíche de carne de porco Peameal Bacon.
St Lawrence Market Toronto
4) Premium Outlets  Primeira unidade do grupo norte-americano no Canadá, o novíssimo Premium fica a 45 minutos de carro de Toronto, e reúne 85 lojas, entre Nike, Columbia, Gap, Banana Republic e Polo Ralph Lauren.
5) West Queen West  A região, entre Bathurst Street e Gladstone Avenue, é endereço descolado da arte e do design. Além das galerias, há dezenas de lojinhas vintage (como a Cabaret Vintage), casas especializadas (em sabonetes e óleos essenciais, por exemplo, caso da Art. 27) e ateliês de pequenos designers da moda. A Magpie Designs faz jaquetas para Prince.
6) Galeria de Arte de Ontário (AGO) (foto abaixo) – Projetada pelo célebre arquiteto local Frank Gehry com madeira de reflorestamento, possui ótimo acervo de arte canadense e arte moderna e contemporânea europeia. Vale a pena provar o restaurante FRANK, de cozinha variada.
AGO Toronto
7) Distillery Historic District– Ocupa um conjunto arquitetônico industrial da era vitoriana, um dia Gooderham and Worts Distillery (construída em 1859), uma das maiores destilarias de uísque do mundo. Pelas ruelas de paralelepípedo, os galpões deram lugar a uma coleção de cafés, restaurantes e butiques.
8) CN Tower – Para ver a cidade do alto nas mais diversas formas. Um elevador de vidro leva ao topo da torre em menos de um minuto. Há plataformas de observação e o 360 Restaurant, a 356 metros de altura, giratório. Corajosos provam a adrenalina máxima no Edge Walk (foto abaixo), a caminhada ao redor da circunferência do telhado do restaurante, preso por cabos.
Edge Walk
9) Eaton Centre – Entre os shoppings, este é uma perdição: reúne 250 lojas – Sears, Gap, Old Navy, Apple Store, só para citar algumas, e fica aberto até nos feriados. Na saída, observe a Yonge Street, considerada a rua mais extensa do mundo, com 1.896 quilômetros.
10) Bata Shoe Museum (foto abaixo) – Deliciosa jornada pelas diferentes eras e povos e seus calçados. Desde os inventados na pré-historia a aqueles usados pelas primeiras civilizações no Alasca – e os que vestiram os pés de famosos como Winston Churchill, rainha Vitória, Dalais Lama, entre outros.
Bata Shoe Toronto

SE VOCÊ FOR
Onde dormir?
O Windsor Arms Hotel fica em uma construção neogótica de 1927 do lado da Bloor Street e tem só 28 quartos. Todos possuem um instrumento musical – homenagem às personalidades do show biz que nele se hospedam (ou se hospedaram), como Elton John. Em West Queen West, Gladstone Hotel é repleto de arte contemporânea e o Drake Hotel, outra recomendação jovem e badalada. Novidade na cidade, de localização central na University Avenue, o Shangri-La Toronto é superestiloso.
Drake Toronto

Onde comer e beber?
O&B Canteen é a dica no TIFF Bell Lightbox, o local do festival de cinema internacional, todo setembro. Quinn’s Irish Bar, pub e steakhouse, serve carnes deliciosas. Wvrst é um bar e restaurante de inspiração alemã com mesas comunitárias, menu de salsichas, molhos, fritas e cervejas. Pure Spirits Oyster Bar, a sugestão no Distillery Historic District e bom para peixes e frutos do mar. Sassafraz, em Yorkville, elegante e serve pratos da cozinha canadense com inspiração francesa.